O dilema da democracia

O dilema da democracia
A economia política do excesso de governo
Autor: Arthur Seldon

Sinopse – O dilema da democracia – A economia política do excesso de governo – Arthur Seldon

Seldon reitera sua convicção, já revelada em "Capitalism", da superioridade do processo de decisхes individuais do mercado sobre o processo político de decisхes coletivas, mas agora com кnfase sobre a aparente vocação do processo democrático para ensejar a expansão dos gastos e das decisхes governamentais, em detrimento dos gastos e decisхes pessoais.
Alguns pontos do livro: 1- Se o governo não cortar o excesso de atividades, as pessoas tenderão a recorrer a provedores privados. 2- A "democracia" de hoje geralmente representa a tirania da maioria. Grupos organizados de pressão conseguem extrair favores do governo аs custas das pessoas que não estão organizadas e não dispхem de suficiente escolaridade ou conhecimentos técnicos. As pessoas são estimuladas a trocar seus interesses de longo prazo por ganhos de curto prazo. 3- As tentativas de corrigir "imperfeiçхes" de mercado acabam criando excesso de governo. 4- Com o crescimento excessivo do governo as pessoas vão encontrando saídas, por exemplo, para a economia informal, para o escambo (troca direta) que burla os impostos, para dinheiro eletrônico, para Internet, etc. 5- Um novo mercantilismo está surgindo, а medida que o governo, para preservar sua posição, tenta regulamentar o mercado, inclusive o trabalho. Mas o mercado, que dá o poder de saída, acabará sobrevivendo аs alternativas politizadas.

O dilema da democracia – A economia política do excesso de governo – Arthur Seldon

Por favor, compartilhe este livroShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A informação nesta página está disponível apenas para referência.
Você pode comprar ou baixar este livro online - amazon.com.br